O arquivista

Blog para falar de arquivos e da arquivistica portuguesa e lusófona. Uma memória para os arquivos e para a cultura em Portugal.

terça-feira, agosto 16, 2005

HÁ ARQUIVOS E ARQUIVOS !!

"O ARQUIVO DAS ÍNDIAS, RESTAURADO
Depois de cinco anos de trabalhos, o Arquivo das Índias de Sevilha inaugurou, por fim, as suas novas instalações. Criado em 1785 por Carlos III e instalado na Casa Lonja de Mercaderes (declarada Património da Humanidade pela UNESCO), custodia toda a documentação de Índias que se conservava em Simancas, Cádiz e Málaga. Num total de 80 milhões de páginas originais em 44.000 caixas dos quais se digitalizaram já quase 15%. Os fundos são consultados anualmente por cerca de 1.500 investigadores. As obras abriram uma galeria subterrânea perimétrica para isolar o edifício da humidade que o afectava (....). A reabertura coincidiu com a criação do Patronato do Arquivo Geral das Índias, como órgão director e adstrito ao Ministério da Cultura."

in: La aventura de la Historia. Ano 7, nº82, Agosto de 2005

Este texto, que é de regozijo para todos, faz-me lembrar como são tratados os arquivos em Portugal. Pois fique-se a saber que o congénere português deste arquivo, o importantíssimo ARQUIVO HISTÓRICO ULTRAMARINO, já sofreu desde 2001 um investimento de mais de 2 milhões de euros na sua modernização, quer estrutural, quer tecnológica, sem uma única notícia nos jornais e revistas.... é obra

Foi uma intervenção profunda motivada pela visão estratégica de Mariano Gago, que implicou a movimentação de mais de 15 km de documentação sem o Arquivo nunca ter encerrado, isto é, os seus 2.500 investigadores anuais não foram impedidos de consultar a informação preciosa para a história de Portugal e da lusófonia...

Estão de parabéns os seus diminutos funcionários, que eu tive o prazer de chefiar durante mais de dois anos..... OBRIGADO COLEGAS

3 Comments:

  • At quarta-feira, outubro 24, 2007 12:52:00 da tarde, Blogger Márcio said…

    Olá Miguel, como vai?
    Pesquiso colonização da América hispânica, e gostaria de saber se há algum site com acesso às fontes digitalizadas do Arquivo Geral das Índias.
    Se souber, poderia me enviar por e-mail para marcio.rocha@ig.com.br ?
    Agradecido,

    Márcio Pimentel Rocha

     
  • At segunda-feira, julho 07, 2008 4:47:00 da manhã, Blogger Ana Cristina Opitz said…

    Oi, Miguel!

    Estou à procura de cartas e documentos de religiosos portugueses do século XVI, época do descobrimento do Brasil. Estes escritos são de suma importância para a continuidade da minha tese, se pudesses me ajudar... Sou do Brasil, logo é um pouco complicado para mim chegar até Portugal e tentar achá-los pessoalmente, ao menos por enquanto. Desde já, muito obrigada!

     
  • At sexta-feira, novembro 26, 2010 11:48:00 da tarde, Blogger Luiz Cláudio said…

    Olá a todos.
    Muitas referências das fontes do Archivo Geral de Indias sobre o Brasil e America podem ser encontrados na pagina da Fundación Mapfre, da Espanha.
    Também estou à procura do guia de fontes O Arquivo de Indias e o Brasil, do João Cabral de Melo Neto, publicado em 1966 e esgotado há muito. Se alguem souber onde vende ou tiver uma cópia em PDF para me enviar, eu agradeço muito.
    Luiz Cláudio Ribeiro
    sombradoscamaras@gmail.com
    Vitória-ES/Brasil

     

Enviar um comentário

<< Home